Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: confira primeira avaliação brasileira para o debut álbum do Dying Suffocation

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Reidjou

Por Alex Viana

Nota: 09.0/10.0

Vinda de Pato Branco, Paraná, a banda DYING SUFFOCATION nos apresenta neste seu debut álbum, “In The Darkness Of The Lost Forest”, um Doom Metal consistente, com várias passagens que nos remetem ao Death Metal de raiz. Mas não se engane, aqui a cadência soa soberana.

Tendo como referências bandas como: My Dying Bride, Novembers Doom, Ahab e até algo dos alemães do Crematory; o quarteto despeja seus riffs dentro de uma produção certeira, e que acaba por evidenciar o peso necessário que as composições aqui exigem. A arte da capa ficou a cargo de Marcelo Vasco, que já assinou trabalhos para o Slayer, Soulfly de Max Cavalera e o polêmico Machine Head, sendo assim, espere por um resultado absurdo neste quesito.

Como destaque, a trinca que abre o trabalho me pegou pelos ouvidos, me conduzindo para uma audição menos criteriosa nas que se seguiram. Então, se você é fã de Death/Doom, certamente vai encontrar um porto seguro nas ótimas “The Angels”, “When I Die” e “Death Bed”. Outro aspecto que me remeteu à saudosa década de noventa, é a similaridade do vocalista Alexsandro Habigzang, com Felix, da já citada Crematory. Trabalho excelente!

Este disco do DYING SUFFOCATION certamente abrirá um leque de possibilidades em sua carreira, e agora que estão sendo distribuídos por uma das nossas majors, o céu parece ser o limite pra estes caras. Vale o investimento.