Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: confira primeira avaliação brasileira para o segundo álbum do Hollow

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal da Shock Radio Web

Por Rafael Toledo

Nota: 08.5/10.0

Essa banda gaúcha já havia chamado muito a atenção da cena após o lançamento do seu debut álbum, “Spirit Soldier”, o que culminou na solidificação do seu nome no nosso underground. Posteriormente participaram de um tributo ao Sepultura, e se destacou dentre as demais que participaram daquele material. Todavia, agora, com o lançamento de “Downfall”, o grupo procura alçar voos mais altos, elevando ainda mais o seu modo peculiar de fazer música pesada.

Sim, aqui a referência continua sendo o Sepultura, da fase dos Cavalera, mas a HOLLOW está se distanciando aos poucos desta influência, agregando novos elementos, que acrescentaram mais diversidade ao seu som. Mas não se engane, aqui não tem espaço pra invencionices, pois tudo aqui ainda está conectado com o mais ortodoxo Thrash das escolas brasileira e estadunidense.

Renan Cauê Müller continua com um timbre muito parecido com o de Max Cavalera, então fica meio que impossível não traçar paralelos entre o HOLLOW e o Sepultura. Todavia, sendo bem sincero, prefiro este “Downfall” do que a maioria dos lançamentos da fase Derrick Green. Acha exagero? Dê uma chance para músicas como “It’s Real”, “Kill Or Be Killed”, “Onward” e “Let Me Die”; para ver seu próprio queixo cair na sequência. Álbum Matador!