Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: debut álbum da banda 7th Symphony é avaliado pelo redator Júnior Frascá

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Whiplash

Por Júnior Frascá

Nota: 07.0/10.0

Grupo paranaense formado em 2007, o 7TH SYMPHONY é mais uma das boas bandas de nosso underground a buscar seu lugar ao sol. Praticando um Symphonic/Ghotic Metal, com varias doses de Metal Progressivo, a banda se mostra criativa e ousada nesse seu novo material.

Variando entre momentos pesados e agressivos e outros mais leves e melancólicos, a banda apresenta um som muito bem estruturado e arranjado, com melodias de muito bom gosto, mesmo nos momentos mais fúnebres, remetendo a nomes como Tristania, Epica (no começo de carreira) e After Forever. Os destaques do álbum ficam para as linhas de guitarra de Felipe Souto, que não tem dó em exarar o máximo de peso possível; e para as belas linhas vocais de Juliane Carvalho, que canta com muito sentimentalismo e emoção.

São apenas 07 faixas (longas e trabalhadas), sendo duas instrumentais, mas é o bastante para a banda mostrar que tem talento. Contudo, os pontos negativos ficam com a produção do álbum, que ficou com uma sonoridade muito abafada, e com os vocais mais altos que o instrumental; e para os teclados, que embora sejam muito bem tocados, se mostram excessivos em vários momentos do trabalho.