Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: mais uma avaliação positiva para o debut álbum da banda Undying

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Metal na Lata

Por Victor Augusto

Nota: 09.0/10.0

É impressionante ver bandas novas lançando excelentes e complexos discos de estreia, a exemplo dos brasilienses do UNDYING. “Lucifer Untold” não se trata somente de um álbum pesado, mas também aborda uma interessante temática sobre a história não contada da expulsão de Lúcifer do céu por amar outro anjo. Cada faixa é um capítulo desse “evangelho”, falando sobre sua transformação no mau, sede de vingança, seu assassinato a Deus, sua assunção ao paraíso e um novo inimigo.

“The Light of My Name” abre o disco com um riff bem estilo Death (banda que é uma grande influência) e é um diálogo entre Lúcifer e o anjo na qual ele amava. Esta faixa conta com a participação de Liv Kristine (Theatre of Tragedy/Leaves’ Eyes), interpretando o anjo, num contrate chamativo com seu vocal lírico. “Evil Revelations” tem uma excelente introdução de bateria, despejando blast beats, num som que alterna fortes bases cadenciadas e velocidade. “Lilith” novamente apresenta excelentes bases com bons solos e melodias.

Chegando ao fim do disco, a “Evil Against Evil” incorpora leves influências de Black Metal, sendo uma das mais extremas por se tratar do conflito entre Lúcifer e o novo rei do inferno, que assumiu o seu lugar durante seu retorno ao céu. “Lucifer Untold” fecha o disco só no instrumental clássico erudito.

Todo esse trabalho foi estruturado e produzido na medida certa, o que o manteve pesado e fluindo bem. Somando isso a uma boa interpretação da da temática, tanto na sonoridade, quanto no vocal gutural e o resultado é um excelente disco.