Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: mais uma avaliação positiva para o primeiro álbum do Outmask

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Arena Metal

Por Leo Quipapá

Logo nos primeiros acordes de “Awakening” já dá para perceber que a trilha dos sergipanos do OUTMASK é bem definida e refinada. Os teclados de Omar de Paula casam bem com a guitarra de Daniel Faria, criando um ambiente de A.O.R muito bom.

O vocal de Enaldo de Paula tem um timbre entre o de James LaBrie e André Matos (em momentos mais barítonos), enquanto a cozinha de Marcel Freitas (baixo) e Diego Vieira (bateria) não trilham ritmos muito ortodoxos. E se o clima da primeira faixa é tranquilo, na segunda, “Contact” é mais ainda, pois é daquelas baladas com dedilhados e pouca bateria.

“Blindness” é mais Rock e confesso que os primeiros acordes me remeteram a “The Electric Co” do U2, mas o OUTMASK colocou um pouco de peso depois. Uma das que mais curti foi “Wilting”, pois começa pesada e usa e abusa de tempos quebrados, explorando bem cada um dos integrantes, principalmente na parte mais progressiva e no solo de guitarra.

Aos fãs do estilo, eis um nome nordestino que tem bastante potencial. Aos integrantes, meus parabéns pelo ótimo trabalho intitulado “A King of Being”, pela produção acima da média e arte gráfica muito boa. E não poderíamos deixar de parabenizar também a MS Metal Records, por apostar e lançar mais uma boa banda nordestina.