Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: nova avaliação positiva para o álbum de estreia da banda paulista Carapuça

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Whiplash

Por Fabio Pitombeira

Nota: 09.0/10.0

Quem me conhece sabe que eu não sou lá muito fã de Rock nacional. Prefiro o peso do Metal, mesmo! Ainda assim, a pedido da sua atual gravadora, fui incumbido de avaliar este primeiro trabalho da banda CARAPUÇA, o álbum “A Verdade Doa A Quem Doer”.

Com um vocalista bem expressivo, letras inteligentes, ótimas estruturas e certas doses de peso, o CARAPUÇA acaba agradando até chatos, como eu! Portanto, abra a mente e se prepare para uma viagem musical que passeia por diversas vertentes, algumas delas, difícil de se imaginar conectando-se entre si, mas os rapazes conseguiram um resultado surpreendente. As influências, além do próprio Rock e Punk, passam pelo Pop e bebem também muito da fonte de nomes como Capital Inicial, Titãs, Charlie Brown Júnior e até mesmo o saudoso Raul Seixas. Assim explicado, ouça direto as ótimas “Fanático” (melhor refrão do disco), “Lenhadores do Mar” e “A Nova Lei”, além da própria faixa título, que abre o trabalho e dá as cartas para o que o ouvinte encontrará na sequência.

“A Verdade Doa A Quem Doer” foi lançado originalmente no ano de 2012 e parece não envelhecer com o tempo, então, às vésperas do lançamento do seu segundo trabalho, o CARAPUÇA mostra maturidade e competência para vencer, neste tão competitivo e injusto mercado nacional.