Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: primeiro álbum do Circo de Fantoches é avaliado pelo redator Jeferson di Pádua

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Fullrock

Por Jeferson di Pádua

Nota: 09.0/10.0

Mais um belo material em CD enviado a mim pelo pessoal da MS Metal. Pesado, ora flertando com o Thrash Metal, ora com congêneres do Matanza, o CIRCO DE FANTOCHES inicia sua carreira com o pé direito neste “Do Justo Ao Novo Ideal”. Então, se você além do que já mencionei, gosta de músicas em português, seu lugar definitivamente é aqui.

Contando com a produção sempre competente do Thiago Bianchi (Noturnall), os paulistas discorrem suas mensagens com altas doses de sarcasmo, empolgando logo de cara este redator. O “O Circo Tá Pegando Fogo” é um excelente exemplo da qualidade que está incutida em todo o trabalho. Pesada e com altas doses de groove, o vocalista Rodrigo Airom acaba se sobressaindo por ter o feeling mais do que adequado para a canção, sem excessos ou invencionices, o cara arrebenta! Outros destaques vão para “O Topo Do Mundo”, “500 Anos” e “O Último Que Restou”.

“Do Justo Ao Novo Ideal” me conquistou, não apenas pela belíssima carta de recomendação da sua gravadora, mas principalmente pela qualidade musical apresentada. Taí uma banda que merece um lugar ao sol, e com o suporte que vem tendo, não acho nada difícil conseguirem.