Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: primeiro álbum do Infector Cell é avaliado pelo redator Jeferson di Pádua

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Fullrock

Por Jeferson di Pádua

Nota: 09.0/10.0

Recebi este “Cultura Suicida” da atual gravadora dos caras da INFECTOR CELL, a MS Metal Records, embasado por diversos elogios da mesma. Todavia, procuro sempre abstrair comentários que possam vir a atrapalhar a minha avaliação imparcial, pois além de levar muito a sério o meu trabalho, respeito muito a nossa cena underground nacional.

Felizmente, tudo que me foi falado se concretizou ao término da minha audição. Sem muitas delongas, este disco é um verdadeiro soco no estômago dos mais desavisados, sendo 100% indicado para os fãs de Thrash Metal, Hardcore e Crossover. Neste ínterim, impossível ouvir músicas como “Reino do Caos”, “Enganos Voluntários” e “Gritos de Agonia” sem nos lembrarmos de nomes como Anthrax (antigo), Ratos de Porão, D.R.I, M.O.D e tantos outros ícones destes segmentos. Ainda que a produção seja modesta, mesmo neste caso, meio que o teor rústico veio à favor das composições, trazendo mais conectividade com a década áurea do Metal mundial, aqui mencionada.

Tenho que admitir, ouvi este trabalho tomando uma gelada, e quando me toquei já estava ouvindo pela quarta vez consecutiva, tamanha é a funcionalidade das músicas aqui apresentadas. Se você é saudosista, e viveu a década de oitenta, este disco é obrigatório em sua coleção. Vale a pena conferir e vá aos shows da banda, que está em plena turnê pelo sudeste brasileiro.