Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: primeiro álbum do Macabre Agony em destaque no site Rio Metal Press

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Rio Metal Press

Por Pedro Mello

Nota: 09.0/10.0

A banda paulista, MACABRE AGONY, formada por Felipe Mras (vocal/baixo) e Ahbyn Gustavo (guitarra), relança “Dry Mankind” (original de 2001). O trabalho foi gravado no Mr.Som Studios, com produção, mixagem e masterização a cargo da dupla, Marcelo Pompeu e Heros Trench (vocalista e guitarrista da lendária, Korzus).

“Dry Mankind” traz oito faixas, totalizando quase 30 minutos de uma mistura clássica de Death e Black Metal. O trabalho abre com ‘Apocalypse Now’, pesada e cadenciada, uma porrada. ‘Sarcastic Marvel’, inicia como uma música de Doom Metal, enveredando pelo Black Metal. ‘Macabre Agony’, continua o massacre sonoro, seguida por ‘Essential’ e ‘Aborting The Beast’. Mesmo tendo o peso como principal aspecto, a banda apresenta uma excelente técnica e os instrumentos são bem executados. Fechando o registro temos ‘Vox Clamantis’, ‘Evil’s Poetic’ e ‘Who’ll Save Us’.

Mesmo tendo sido lançado em 2001 e aguardado 16 anos para ser lançado oficialmente, “Dry Mankind” soa atual e fará a alegria das hordas Black e Death Metal. Gostando ou não de música extrema, temos aqui uma joia negra lapidada com maestria.