Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: primeiro EP da banda paulista Hazy em destaque no site Brasil Metal História

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Brasil Metal História

Por Leandro Coppi

O HAZY é resultado da união de dois músicos curitibanos, Vinícius Marcel (guitarra) e Marcio Lucca (bateria), desde que ambos se estabeleceram na cidade de São Paulo. O grupo, que é completado pelos integrantes Diego Sachi (vocal) e Eduardo Gochi (baixo), lança agora o seu EP de estreia, intitulado “Eternal Rise”, que traz uma sonoridade que certamente será enquadrada como Death Metal, devido, principalmente, ao vocal gutural de Diego.

Porém, o contexto da obra não é tão simplório assim, já que os outros três músicos, responsáveis pela parte instrumental, inserem influências de outras vertentes, embora mantenham tudo sob controle no que diz respeito à coerência. No geral, é possível perceber a interferência direta do Thrash Metal mais ‘grooveado’ dos anos 90 e até um quê de Stoner nos riffs. O próprio Diego parece buscar referências no Black Metal, quando rasga a voz. A produção de “Eternal Rise” foi feita no tradicional estúdio Mr. Som e mais uma vez a dupla do Korzus, Marcello Pompeu e Heros Trench, foi responsável por mais um grande resultado obtido. Desde a abertura com “Deception”, uma coisa começa a ficar clara: a banda não se faz dependente da velocidade e de ‘blast beats’, para mostrar o peso de suas composições.

Certamente isso é um diferencial, porém, é necessário certo cuidado para que isso não se torne cansativo e menos atrativo em um álbum completo, afinal, um pouco de velocidade sempre cai bem.