Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: primeiro trabalho da Beyond The Evollution é avaliado pelo redator Alex Viana

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Reidjou

Por Alex Viana

Nota: 09.5/10.0

Como ficamos felizes quando recebemos um material digno dos gringos. Há muito tempo virou clichê dizer o quanto as bandas nacionais evoluíram. Sim, evoluíram de tal forma que já não existem mais diferenças qualitativas, mesmo que por aqui ainda estejamos anos luz da estrutura que europeus e americanos já prestigiam. Pois bem, “Faceless”, da soteropolitana BEYOND THE EVOLLUTION, é um item obrigatório para os fãs do Prog Metal, e vou explicar o porque.

A produção é competente, assinada pelo pessoal do Revolusom Studios, que já assinou trabalhos similares para o Sepultura, Malefactor, The Cross e muitas outras. Ou seja, já começamos bem! A arte gráfica é precisa e condizente com o estilo proposto pela banda, algo bem vanguarda, que funde a sua linguagem visual ao de bandas como Symphony X, Vildhjarta, Periphery e Tesseract.

Quanto às composições, entre tempos e contratempos, a BEYOND THE EVOLLUTION se sai muito bem. Apesar de intrincadas, elas não soam alto indulgentes, respeitando a capacidade do ouvinte de entender o que se é proposto, de forma até muito fácil. Sim meus amigos, complexidade e simplicidade andam de mãos dadas, principalmente “Gardens Of Delight“, que serve como um perfeito abre alas para o mundo de devaneios dos baianos.

Vou acompanhar o andamento da carreira da BEYOND THE EVOLLUTION, tendo em vista que “Faceless” me deixou extremamente ansioso para ouvir mais canções. Acredito que, mais uma vez, o pessoal da MS Metal Records tenha acertado ao contratar esses caras. Que banda, excelente! Valeu cada minuto do meu tempo, dar uma chance a esta obra.