Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: projeto Arena de Thiago Bianchi em destaque no site brasileiro Metal na Lata

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Metal na Lata

Por Marcelo Vieira

Nota: 07.0/10.0

Iniciado ainda nos anos 90, o projeto “Thiago Bianchi’s Arena”, capitaneado pelo veterano vocalista e produtor Thiago Bianchi (Karma, Shaman e Noturnall), traz músicas compostas, em sua grande maioria, pelo próprio cantor e Tito Falaschi (Symbols), completando um álbum que terá todo o dinheiro de suas vendas revertido a instituições que atendem crianças com câncer.

É inegável que ao abarcar grandes nomes da cena, como Edu Ardanuy (ex-Dr. Sin), Kiko Loureiro (Megadeth, ex-Angra), Mozart Mello, entre outros, a qualidade técnica das performances seja altíssima, ainda mais quando as composições transitam pelo Prog/Power Metal, em sua maioria. “The Scar Is Pay Off”, seguida de “Trust Me”, abrem o álbum com muita força e energia junto a alta técnica instrumental, elementos que delinearão um Heavy Metal de linhas relativamente previsíveis ao longo de todo o trabalho.

Além disso, a produção pouco orgânica e “sintetizada” se torna um eventual incômodo. Tudo está certo, audível e límpido, mas soando artificial demais, calculado demais. Ou seja, aos meus ouvidos, faltou um pouco de oxigenação proporcionada pela espontaneidade. As linhas vocais de Bianchi estão bem variadas, mas também tangenciam o exagero, principalmente nos tons mais altos, que cansam um pouco, justificando o fato dos melhores momentos estarem nas faixas mais pesadas e com vocais mais agressivos, como “Learn To Let It Go” e “Mr Caretaker”, além da já citada “Trust Me”.

Por fim, ainda temos dois covers que valem menção: uma veloz interpretação de “Nova Era”, do Angra, e a releitura do Noturnall para “Woman In Chains”, do excelente duo Tears For Fears. Mesmo que não seja pela música em si, só o detalhe da causa nobre já vale a aquisição deste álbum!