Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Selos Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com
Resenha: relançamentos do Malefactor são avaliados pelo redator brasileiro Fabio Pitombeira

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Whiplash

Por Fabio Pitombeira

Nota: 09.0/10.0

Estão aqui dois discos emblemáticos na carreira do principal representante do Pagan Metal nacional, o MALEFACTOR. Tanto o “Celebrate Thy War” quanto o The Darkest Throne” foram discos que ouvi muito quando foram lançados oficialmente, e agora tê-los reunidos com este refinado acabamento, é um verdadeiro deleite para um fã como eu.

A arte da capa foi desenvolvida pelo renomado artista brasileiro Alcides Burn, o que garantiu uma qualidade ainda maior neste quesito. Já na parte de áudio não senti muitas diferenças, se comparando com as versões anteriores, então, se existiu um novo tratamento aqui, ele foi bem modesto, talvez para não descaracterizar a obra original. O que senti falta, apenas, foram de bonus tracks, algo que os fãs esperam de produtos como este, até porque é de se imaginar que o MALEFACTOR deva possuir muita raridade em seus arquivos. Algo ao vivo ou versões demo de clássicos como “Behind The Mirror”, Into The Silence”, Celebrate Thy War” e “Under The Law Of The Sword”, seriam muito bem vindas.

Este trabalho não é apenas mais um álbum, dentre tantos comercializados no país. Ele, na verdade, é uma parte do arquivo vivo de uma das principais bandas do Metal Extremo brasileiro. Vale a aquisição pra quem já possuía as versões antigas e, principalmente, pra quem não conhecia estas duas pérolas da nossa cena.