Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Empresariamento
Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com Gravadora
Resenha: álbum ao vivo do Headhunter D.C. ganha destaque no portal brasileiro Whiplash

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Whiplash

Por Júnior Frascá

Nota: 08.0/10.0

Sem dúvida o Brasil é um dos grandes celeiros mundiais do Death Metal. E poucas bandas nacionais representam tão bem o lado mais tradicional e “old school” do estilo do que os baianos do HEADHUNTER D.C.

Com uma carreira irrepreensível, que até hoje se mantém ativa, os caras sempre tiveram uma relação fantástica com os fãs. E agora, para presenteá-los, acabam de relançar a antiga “tape” “Brazilian Deathkult Live Violence…”, pela primeira vez em CD.

Para que não sabe, foi originalmente lançada no ano de 2002, pelo selo Eternal Fire Tapes, da França, com tiragem limitada, e traz um show da banda em Itabuna, Bahia, no festival Midnight, na turnê da banda de divulgação do álbum “Punishment at Dawn” em 1995. E essa versão em CD, além de contar com nova masterização, traz ainda duas faixas bônus (um solo de bateria e uma versão para “Am I Crazy”, denominada “Cut Off”).

Em relação à qualidade de áudio, confesso que não ouvi a versão original do material, mas nesta também não está grande coisa, pois em vários momentos tudo fica muito embolado, sendo difícil definir os instrumentos. Contudo, mesmo assim é possível perceber o poder de fogo da banda ao vivo, e toda a brutalidade de sua apresentação, em especial do vocalista Sérgio “Ballof”. Assim, temos aqui uma avalanche de clássicos do Death Metal nacional, como “Forgotten Existence”, “Death Vomit”, “Searching for Rottennes”, “Bloodbath” e “Deadly Sins of the Soul”, além de uma ótima versão para “Buried Alive”, do Venom.

Trata-se, pois, de um registro histórico, que marca os 25 anos dessa lendária banda. Indispensável na coleção de qualquer fã de Death Metal. Compre já o seu.