Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Empresariamento
Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com Gravadora
Resenha: novo álbum da banda Dagor Sorhdeam em destaque no site brasileiro Cultura em Peso

https://www.msmetalagencybrasil.com/ptbr/wp-content/uploads/2021/11/Dagor-Sorhdeam.jpg

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Cultura em Peso

Por Enrico Bertaglia

Nota: 08.5/10.0

Ao receber este “Phoenic Wrath” da banda DAGOR SORHDEAM, achei que se tratava de um direcionamento mais voltado pro Black Metal, algo naquela linha do Vintersorg do “Cosmic Genesis”, por exemplo. Ledo engano, pois estes caras me tapearam com um Power Metal pesado, contagiante e que tem na veia alemã o seu principal sustentáculo.

A surpresa inicial tomou uma conotação de aceitação à proposta musical aqui apresentada, porque o DAGOR SORHDEAM foge daquele senso comum de artistas que se valem de vocais extremamente agudos e cansativos, com melodias enjoativas em profusão. Aqui a tônica é mais agressiva, tons mais graves e o vocalista Gus Castro caminhando em direção à nomes como Hansi Kürsch (Blind Guardian), Leonardo Leão (Drearylands) e Chris Boltendahl (Grave Digger).

O disco me agradou como um todo, apesar de não sentir muita variação rítmica entre as faixas. Mas acredite, isso não é um problema, tendo em vista que “Victory is Mine”, “Sacred Fire”, “Delenda Homines” e “Alea Jacta Est” segurando a qualidade estrutural lá em cima! Taí um trabalho que merece ser conferido! Acreditem, corram atrás porque vale a pena!