Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Empresariamento
Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com Gravadora
Resenha: primeiro álbum da Aetherea continua conquistando o mercado brasileiro em 2021

Resenha de CD originalmente publicada pelo portal Whiplash

Por Valmar Oliveira

Nota: 09.0/10.0

Se aventurar por um estilo perigoso como é o Symphonic Metal, não é pra qualquer um, definitivamente. Se você não tem bagagem erudita e uma boa cantora, pode pôr tudo a perder, mesmo com ótimas ideias sendo empregadas e desenvolvidas. Ainda bem, contudo, que a paulista AETHEREA passa com sobras por este tipo de problema, com o seu primeiro álbum “Through Infinite Dimensions”.

Dá pra sentir logo na primeira música, “Weekend Prophets”, que a banda é extremamente chata na concepção de detalhes harmônicos, o que já garante que o ouvinte seja fisgado nestes instantes iniciais. O álbum segue com as ótimas “My Hunter”, “Memories” e “Beyond Hell”, todas elas conduzidas com muita desenvoltura pela vocalista Jessica Sirius. Acredite, você é fã de Epica, Xandria e After Forever?! Então já é meio caminho andado pra você se apaixonar por Jessica.

Dito isto tudo, o único demérito fica para a duração da bolachinha, que ultrapassa os sessenta minutos. Não me cansou, mas para a molecada geração MP3 pode ser um pouco demais. Mesmo assim, “Through Infinite Dimensions” é um disco bem construído, lapidado e que pode entreter até aos mais exigentes dos fãs do segmento.