Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Empresariamento
Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com Gravadora
Resenha: primeiro trabalho discográfico da Netuno Doom é evidenciado no site Rumors Magazine

https://www.msmetalagencybrasil.com/ptbr/wp-content/uploads/2020/08/117534534_2733916130213016_8776720977800974215_n.jpg

Resenha de CD originalmente publicada pelo site Rumors Magazine

Por Henrique Leitão

Nota: 08.5/10.0

Do nordeste brasileiro, região até de certa forma improvável pra vermos brotar esse tipo de musicalidade, eis que recebemos a notícia da existência de uma banda que aposta no híbrido do Doom Metal e Progressivo. Sim meus amigos, a NETUNO DOOM apostou nessa mistura improvável e nos prova que ainda podemos ter fé, para encontrarmos novos tipos de sonoridades por aí.

“The Universe The Prison” é o primeiro EP do power trio, e foi lançado originalmente em 2018, obtendo boa aceitação no nosso underground nacional. Todavia, apenas em 2020, com a enorme estrutura da Eternal Hatred Records, puderam relançar a obra contendo novo encarte, bonus tracks e, principalmente, alcançando pela primeira vez na sua carreira uma distribuição em âmbito mundial.

O material tem ao todo nove faixas, sendo as cinco primeiras, pertencentes da versão original de 2018. Confesso que demorei um pouco para entender a proposta dos caras, de tão inusitada que ela é, mas depois de tudo claro, acabou ficando evidente que estava em mãos com um dos artefatos mais corajosos já produzidos por uma banda nacional, e não é exagero.

A produção é orgânica, até certo ponto, então não espere encontrar nada muito limpinho. Mas acredite, absolutamente tudo aqui está no seu lugar, tudo bem amarrado! Desta forma, impossível não destacar “The Prison” que é a faixa de abertura, e a melhor dentre todas “Galactic Empire of Doom” e seus mais de oito minutos de viagens musicais dentro da vertente mais pesada do Metal.

Um novo trabalho no formato de single é aguardado para 2021, o que já me deixou extremamente curioso, tendo em vista que esse tipo de proposta não tenderá a se repetir. Vale a pena dar uma chance aos caras, pois aqui não falta ousadia e fidedignidade ao Doom. Excelente estreia!