Contato Anuncie Loja Baixar Distribuidoras Empresariamento
Artistas Clipping Assessoria de Imprensa Quem Somos Serviços Agência Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com Gravadora
Resenha: terceiro álbum do Silver Mammoth é avaliado pela equipe da Quality Music Radio

Resenha de CD originalmente publicada pelo blog Quality Music Web Radio

Por Vanderley Carvalho

Após tomar conhecimento do trabalho da banda paulista, SILVER MAMMOTH, separei um tempo a mais para conhecer a estrada da banda e pelas referências que tive do CD “Pride Price”, de 2013, sabia que o CD que chegou em minhas mãos, o “Mindlomania” seria uma prazerosa audição. Este é o terceiro registro deles, que detonam um Hard Rock, tipo anos 70, coisa bem selecionada e trabalhada.

Uma contagiante energia veio pelos auto-falantes, com músicas bem construídas e muita viagem sonora. Coisa que nos remete as raízes da música pesada. Cada integrante desempenhando com qualidade a parte que lhes cabia e o resultado em conjunto, foi de um resultado muito produtivo e qualitativo. Bons riffs, solos que agradam muito, baixo e bateria como devem ser nesse estilo. Nada sobrando, nada faltando, tudo na medida. O som da banda soa natural, com passagens que se alternam muito bem durante todo o percorrer do CD.

Gostei também da capa, muito bem escolhida e atrativa. Sem contar a produção (um dos principais itens), que foi conduzida muito bem. Pode se dizer que além do Hard Rock, a banda também traz passagens que soam psicodélicas e lembra também as raízes do Black Sabbath, Deep Purple e outros grandes nomes. Os registros são: “Bewitched”, “Mindlomania”, “The Time Has Come”, “Liars”, “Madman Doc”, “The Cave, The Hole, The Escape”, “Sadness”, “Shining Star”, “Wild Wolf”, “Shock Therapy” e sua formação conta com: Marcelo Izzo Jr (guitarra), Vinnie Rabello (bateria), Chakal (baixo) e também, Marcelo Izzo (vocal). O SILVER MAMMOTH é uma banda relativamente nova e vem mostrando consistência em seu trabalho e sendo assim, merece ser apreciada e apresentada aos amigos.

É sempre tempo de dar espaço aos novos trabalhos, pois os dinossauros do Metal se renovam (queiram ou não queiram). Espero que um novo trabalho não demore e que a banda possa alcançar um novo público que aprecie sua qualidade musical.